Notícias

Debates

10º Encontro da ANID é concluído com êxito

 

Após três dias intensos de discussões e trocas de experiências, foi concluído com êxito o 10º Encontro Nacional da Associação Nacional para Inclusão Digital (Anid). Além de eventos paralelos e feira de exposição, o 10º Encontro contou com uma ampla grade de cursos e palestras. As cidades inteligentes, mote do evento, inspirou o debate durante os três dias.

Daniel Coscarelli, da GerenciaNet, palestrou sobre como projetar experiências que melhoram a vida dos cidadãos. Apresentou casos de sucesso em diversos setores, como a melhoria do trânsito, por meio do ajuste e sincronização do tempo, e na agricultura, que possibilita uma eficiência produtiva, por meio do acompanhamento dos gestores do campo em todas as fases do processo de plantio, colheita e distribuição. “As cidades inteligentes se refletem na eficiência dos serviços para população graças à tecnologia. Por isso é preciso o envolvimento dos diversos setores da sociedade para projetar as cidades inteligentes inseridas na realidade brasileira, melhorando a segurança, a educação e demais setores”, afirmou Daniel.

Normas de segurança no trabalho para provedores de internet também foram esclarecidas na palestra ministrada pela RC Proteção, destacando a importância da prevenção para se evitar acidentes de trabalho. O público participou ativamente, esclarecendo dúvidas a respeito de equipamentos e normas. Adriano Lira, da Technical Internet, sediada em Campina Grande - PB, destacou que o Encontro foi relevante para conhecer melhor as obrigações enquanto empregadores: “É essencial estarmos cientes sobre a segurança dos nossos funcionários, visando uma relação saudável e benéfica tanto para eles quanto para nós, provedores”. Ele também avaliou o evento como uma oportunidade: “Já participei de outras edições e sempre é muito bom, pois além do aprendizado que adquirimos para oferecer um melhor serviço aos nossos clientes, conhecemos empresas que se tornaram nossos fornecedores”.

Laura Tresca, coordenadora do programa de direitos digitais da ONG internacional Artigo 19, tratou a respeito do relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre empresas de acesso à Internet e liberdade de expressão. Ela esclareceu quanto à responsabilidade referente aos direitos dos usuários, convocando os provedores à preservação da privacidade e segurança dos dados, tendo em vista a crescente onda de vigilância que muitos clientes sofrem. “É um trabalho de sensibilização com os provedores de internet para que eles se coloquem em defesa dos direitos humanos também.” A palestrante também apresentou uma análise dos termos de uso de provedores de banda larga fixa no país, realizada pela Artigo 19, que verificou sérios problemas: “Foi possível atestar que algumas empresas grandes violam direitos, como a neutralidade de rede ou a privacidade. É importante que os pequenos provedores despertem para evitar isso”.

Assim, mais um Encontro Nacional da Anid se concretizou.  A organização do evento agradece a todos e todas que puderam comparecer e construir mais uma experiência exitosa. Para o presidente da Anid, Percival Henriques, o sentimento é de dever cumprido: “São dez edições realizadas, com público participando ativamente e sempre se tornando cada vez mais diversificado. Estamos no caminho certo para a inclusão digital”.