Notícias

TIC Educação mostra que inclusão digital no Nordeste cresceu

O Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br) divulgou pesquisa que investiga o uso e a apropriação dos computadores e da Internet nas escolas públicas e privadas, de ensino fundamental e médio, localizadas em áreas urbanas. O levantamento foi realizado em 930 escolas no período de setembro de 2014 a março de 2015.

A inclusão digital entre os estudantes do Nordeste cresceu nos últimos cinco anos, mas ainda há muito o que avançar nessa área. É o que revelam os dados da pesquisa TIC Educação 2014, realizada pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) através do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br) do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br). Feito em escolas das redes pública e privada, o levantamento mostra que 47% dos estudantes nordestinos ainda não dispõem de computador em domicílio. Em 2010, 71% não tinham computadores em casa. Contudo, na média nacional o déficit em 2014 é de 28%.

Entre os 53% de estudantes do Nordeste que possuem computador em casa ao menos 8% não dispõem de Internet. É o que mostra a TIC Educação 2014 quando atesta que 45% não tem acesso a Rede. Em 2010, 75% dos alunos não tinham Internet em casa. A pesquisa de 2014 revela, ainda, que 79% acessam a internet através de aparelhos de celular.

Outros dados

De acordo com a pesquisa de 2014/2015, 95% dos alunos nordestinos acessaram a Internet através de telefone celular fora da escola, média exatamente igual a nacional. Desses, 37% acessaram na escola face a 37% na média nacional. E 89% dos estudantes da região utilzam a internet como fonte de pesquisa ante 92% dos casos levantados nacionalmente.

A pesquisa revela que no Nordeste os professores ainda utilizam majoritariamente recursos pedagógicos tradicionais com os alunos: 96% provas e exames escritos em sala de aula, 94% tarefa escrita e exercícios, 95% trabalhos em grupo, 94% trabalhos apresentados para a classe e 77% uso de sons, vídeos e fotos em trabalhos ou apresentações.

Entre os estudantes nordestinos 46% utilizam as redes sociais para realizar alguma atividade escolar ante 44% da média nacional. Em relação ao acesso à Internet na escola, 61% fazem uso no laboratório de informática/sala de computadores, 19% na biblioteca, 28% na sala de aula, 3% na sala de professores, 3% na diretoria ou secretaria e 3% em outros espaços.

Sobre a TIC Educação

A TIC (Tecnologia da Informação e Comunciação) Educação é realizada desde 2010 e se debruça sobre a utilização e aquisação de computadores e da Internet em escolas públicas e privadas, de ensino fundamental e médio, localizadas em áreas urbanas. A pesquisa abrangeu 930 escolas no período de setembro de 2014 a março de 2015 e ouviu 930 diretores, 881 coordenadores pedagógicos, 1.770 professores e 9.532 alunos.

Acesse a pesquisa completa desse ano e de anos anteriores em: http://cetic.br/pesquisa/educacao/indicadores

Ascom Anid